Nunca fui muito fã de ovo de páscoa. Pasmem: não sou muito fãde chocolate. Acompanhando os preços, encontrei ovos de R$5,90 a R$124,00. Jáque os ovos de chocolate estão os olhos da cara, porque não uma sobremesa que seja fácil de fazer, rápida e econômica e que, ainda, leve cerveja? #desafioaceito

Não sou nenhuma chef, não tenho formação gastronômica, mas adoro inventar e arriscar. Mesmo não curtindo muito chocolate, já me aventurei em fazer ovos e criar minhas próprias receitas. Estava vasculhando o armário da vovó em busca de uma receita para o domingo de páscoa e descobri um brownie. A partir dessa receita comecei a criar a minha. Para a cobertura, imaginei que a cobertura do Bolo de Chocolate com Cobertura de Caramelo ficaria perfeita.

 

A escolha da cerveja foi de extrema importância para a harmonia da experiência. Em minha pesquisa descobri inclusive que existe diferença em harmonizar os estilos de cerveja e de chocolates. Por exemplo, aprendi que se quisesse uma sobremesa com chocolate branco, o ideal seria harmonizar com uma fruit lambic, para chocolates ao leite, a cerveja mais indicada seria a stout ou uma dry stout e para chocolate meio amargo uma dunkel, imperial stout ou a  robust porter.

Para essa “aventura” escolhi a Robust Porter da Cervejaria Cuesta . Uma cerveja ideal para acompanhar sobremesas. 7% de ABV, 35 IBU’s e, como diria nosso brother Pedro Henrique, “é outra cerveja com essa harmonização!” Vale muito a pena vocês testarem a receita e experimentarem.

Ingredientes:

Massa

3 ovos

100ml de Robust Porter da Cervejaria Cuesta

50g de manteiga em temperatura ambiente

1 e ½xícara de açúcar cristal;

2 xícaras de cháde achocolatado em pó;

1 e ½xícara de farinha de trigo sem fermento;

Cobertura

200g de açúcar cristal;

200ml de creme de leite;

100g de chocolate meio amargo;

200g de manteiga c/ sal;

Modo de preparo

Comece pela cobertura, ou a transforme em recheio, se preferir. Em uma panela, aqueça o açúcar cristal em fogo alto, até todo o açúcar derreter e formar um caramelo dourado. Dica do confeiteiro Gui Polain: não deixe o caramelo queimar. O amargor do caramelo pode estragar sua sobremesa. Abaixe o fogo, acrescente o creme de leite e mexa até a mistura se tornar uniforme. A princípio vai parecer que você perdeu sua receita e que tudo empelotou (existe esse verbo?), mas não se assuste, é assim mesmo! Desligue o fogo e junte o chocolate e a manteiga à mistura. Mexa até se tornar homogênea. Na receita original foi sugerido manteiga sem sal e flor de sal. Substituí a manteiga sem sal por uma salgada e eliminei a flor de sal da receita. Deixei na geladeira por no mínimo 30 minutos, antes de cobrir o brownie.

Para a massa, pré-aqueça seu forno por 10 minutos em 180 graus. Em um tigela(tigela é bem coisa de vó), misture primeiro os ingredientes líquidos, depois os sólidos. Comecei pelos ovos e fui adicionando a manteiga, depois o açúcar, o achocolatado e a farinha de trigo. Despeje a mistura em uma forma untada e enfarinhada. Asse de 25 a 30 minutos. Atenção! Fique de olho, minha massa quase queimou antes de chegar aos 25 minutos, tempo mínimo indicado na receita original. A temperatura e o tempo variam de forno pra forno.

Depois de frio o brownie rendeu 8 fatias. E você? O que vai fazer para o domingo de Páscoa? Faça o brownie de Porter e poste no instagram com a #barbabarrigaecerveja pra gente ver!

Feliz Páscoa Cervejeira!

Um abraço!