Há algumas semanas eu abri minha caixa de e-mails com um pedido de Save The Date. Dois dias depois o convite oficial chegou. Yey! O Barba foi convidado para conhecer em primeira mão as novidades do cardápio do 815 Botequim, além dos novos pratos, o rodízio de Poutine e os novos sabores – incluindo um doce, harmonizados com as novas cervejas artesanais da casa.

Recebemos esse convite delicioso e irresistível e fomos prestigiar a apresentação do novo cardápio. O 815 Botequim está hoje localizado no coração do bairro Santa Tereza aqui em BH, coladinho com o Bolão, na rua Mármore, 383. Eu falo hoje porque o bar já esteve no bairro Santa Inês em 2013, sempre com cardápio diferenciado, muito além do filé com fritas. A casa tombada pelo patrimônio histórico da cidade foi reformada e totalmente adaptada para receber o bar. A decoração é simples, mas muito aconchegante. Iluminação bem boa, cadeiras confortáveis (vocês sabem o quanto priorizo cadeiras confortáveis) e ambientes arejado.

Não foi a primeira vez que estive no 815. Na primeira vez fui comemorar o aniversário de uma amiga e já me surpreendi com o cardápio diversificado (e olha que ainda não tinha o rodízio de Poutine). Fiquei muito satisfeita porque aqui em BH é muito difícil encontrar pelo menos o mínimo: um tira-gosto de qualidade e bom atendimento, mas isso é assunto para outro post.

O 815 Botequim é comandado pelo chef José Carlos Rodrigues. Se formou em geografia e começou a dar aulas, mas percebeu logo que não era isso que queria. Em uma passada rápida pela Faculdade de Gastronomia resolveu fazer o curso e se apaixonou. Pra quem é apaixonado pela área gastronômica não é difícil assistir a inúmeros programas de culinária, como o “Sem Reservas”, do chef Anthony Bourdain, para o TLC. Foi em um desses programas que o chef viu pela primeira vez o Poutine.

O Poutine é preparado com batatas fritas crocantes, carne, queijo e um molho bem suculento. “O tradicional é feito com batatas fritas, o curd cheese e o molho gravy. As versões do 815 Botequim são feitas com molho de carne, que é menos gorduroso do que o gravy, e queijo canastra”, explica o chef José Carlos Rodrigues.

Ficamos na parte externa, reservada para o evento, uma alternativa bastante agradável para os dias de calor belorizontino. Em uma mesa grande também estavam jornalistas e outros blogueiros e instagreiros da cidade.

Iniciamos o jantar com algumas entradas da casa, inicialmente uma batata picante e em seguida pratos preparados com as linguiças do Dr. Linguiça, 100% copa lombo suíno. Embora tenha percebido a pimenta em um dos pratos, todas as entradas estavam deliciosas.

Em seguida foram servidos os pratos referentes às opções de Poutine: carne seca, copa lombo defumada, mexicano, bacon, calabresa, vegetariano, napolitano e peperroni. Para completar foram servidos ainda o Confit de Barriga ao Molho de Manga: barriga de porco confitada, servida em uma cama de cebolas caramelizadas e molho de manga e o Frango na Laranja: cubos de frango levemente empanados, glaceados em uma calda de laranja e especiarias. Todos os pratos harmonizados com as cervejas. À medida que os pratos eram servidos, os cervejeiros apresentavam a sua cerveja e a harmonização. A Aline Belloni da La Grand nos apresentou a Vienna Lager, uma cerveja leve de 4,8% de ABV e 24 de IBU. O Fernando Cherem e a Cris Nogueira da Mantrap levaram uma Belgian Blonde Ale, a Yellow Trap, de 6% de ABV e 18 de IBU, combinando uma leve picância, citricidade e o adocicado da rapadura. Por fim uma Califórnia Common, uma cerveja feita com levedura de baixa fermentação a uma temperatura elevada, considerada assim uma cerveja híbrida, com 5,5% de ABV e 40 IBU, nos apresentada com maestria pelo Leo Nascimento que representava juntamente com o Ramon Garcia a Dos Caras. Se você não conhece essa cerveja, dê uma passadinha lá no Canal do Barba no vídeo de Cervejas Inglesa e o Reino Unido – Especial FICC 2016. Cerveja medalha de bronze na Copa Cervezas de America, tem que experimentar.

E se você pensa que acabou ainda experimentamos uma surpreendente sobremesa. Já pensou em combinar batata frita com sorvete? O chef pensou então em levar a temática do Poutine também para a sobremesa. “A casa até então não tinha uma sobremesa oficial. Algumas tentativas foram feitas, mas nada se consolidou no cardápio. Não queríamos uma sobremesa clichê demais. As batatas fritas ficam ótimas com açúcar e um pouco de canela. O sorvete e o brigadeiro completam o sabor. Também temos a versão Romeu e Julieta, com creme de goiabada e queijo canastra por cima das batatas”, explica. A sensação é maravilhosa! Além de surpreendente é muito saborosa. Me lembrou das casquinhas com batata frita do Mc Donalds. #quemnunca

Bem, eu adorei e já virei fã! O rodízio de Poutine é R$31,90 por pessoa, e a sobremesa R$12,00. O Confit de Barriga ao Molho de Manga sai a R$ 24,90 e o Frango na Laranja a R$ 27,90. As cervejas La Grand a R$ 23, Mantrap a R$ 18 e a Dos Caras a R$ 23. Preços justíssimos para harmonizações fantásticas! Não deixe de conferir.

Já esteve no 815 Boutequim antes? Conte pra gente como foi.

Um abraço!