Um dia desses fui conhecer “esse tal” de Xapuri. Pasmem! Eu nunca tinha ido ao restaurante considerado ponto turístico e um dos lugares mais famosos da capital mineira. A sensação que tive ao entrar era de que estava em uma fazenda do interior. Mesas longas de madeira, artesanato, iluminação agradável e música caipira ao vivo. Tem como não se apaixonar? De entrada, eu e meu grupo de amigos pedimos uma porção de pastéis de angu e bolinhos de mandioca recheados com queijo. Gostamos tanto que pedimos mais uma porção de cada. Para jantar o grupo ficou dividido entre frango ao molho pardo e costelinha e mandioca. A comida do Xapuri é super leve e saborosa. Para harmonizar nada melhor do que uma Backer de trigo. Só senti falta de mais rótulos. De sobremesa, uma infinidade de doces típicos, o que me obrigou a provar quindim, cocada branca e um doce de leite de comer rezando! O Xapuri fica na Rua Mandacarú, 260 na Pampulha, em Belo Horizonte. Uma excelente pedida para o fim de semana, para encontro com os amigos ou para levar a família.

E se você quiser almoçar e tomar uma cerveja artesanal? Uma boa pedida é a Krug Bier do Extra Hipermercado, que fica na Avenida Cristiano Machado, 4000, bairro União, em BH. A nova praça de alimentação tem muita variedade, mas essa é imperdível! Pedi uma Áustria Summer Ale e minha irmã, que estava comigo, pediu uma Tianastácia. Logo em seguida chegaram os Barbudos do Barba, o Marcus e o Pedro que pediram a Calúnia e a Sarcasmo da nova linha expressionista da Krug Bier. Para harmonizar um pão recheado com carne.

Localizado no Buritis, comumente frequentada pelos alunos de Tecnologia Cervejeira do Uni-BH, o Era Uma Vez Um Armazém tem como principal característica, trasnportá-lo para o interior de Minas. Quem já visitou qualquer cidade mais interiorana consegue até sentir o aroma. Com vários rótulos para nos deixar na dúvida de qual cerveja tomar, a casa conta com várias opções. Não perdi a oportunidade é fui Vinil 78, da Cervejaria Vinil, uma extra special bitter da cervejaria mineira GroszDorf, a Soladati Summer Ale da Gangaster Cervejaria, uma pale ale da Camisa 10, uma  yellow trap da Mantrap Cervejaria Artesanal e uma Carcará IPA da Cervejaria São Sebastião. As opções para comer também são diversas. Os pratos são tanto para beliscar quanto para almoço. Não deixem de pedir o mix de linguiças, que é até falta de respeito. O segundo andar é a opção que mais recomendo. É lá que a vitrola rola solta. Entre as escolhas de vinís, temos pink floyd, Raul Seixas, paralamas do sucesso e por aí vai! Vale uma visitinha lá, o atendimento sempre muito cortês! Se pah, vá aos sábados para almoçar, quem sabe a gente se encontra lá!

O Empório Mundo do Malte fica na Rua Gão Mogol, 296, Carmo, aqui em Belo Horizonte. Encontrei vários rótulos, petiscos e doces finos. No dia específico que estive lá harmonizei o chop califórnia common da Cerveja Dos Caras com a sugestão do Chef Zito Cavalcante, uma linguiça artesanal com azeitonas, geléia de tomates picantes e purê de feijão branco com alho. Não satisfeita, saí de lá munida do melhor doce de leite do mundo, o Doce de Leite Viçosa(ainda quero descobrir uma breja pra harmonizar com o doce).

E você? Já sabe o que vai fazer no final de semana? Não? Aproveita essas dicas aí e trace seu roteiro!

Um abraço!