Filme: Aquaman

Nota: 3 de 5 – Legal seria uma boa definição

Pensei várias vezes se iria ao cinema ver Aquaman ou não. Eu ando tão decepcionada com a DC Comics desde o último filme que eu estava bem desanimada… Ao convite de um grande amigo e uma tarde a toa, fui lá conferir.
Aquaman traz a origem deste personagem numa história bem interessante. O filme começa com Atlanna (Nicole Kidman – ai que preguiça) chegando à superfície muito machucada e sendo encontrada por um faroleiro. Deste romance, nasce o mestiço Arthur, Rei de Atlântida por linhagem. Arthur vive na superfície e vai conhecendo aos poucos sua genealogia e seus poderes através do fiel Vulko (Willem Dafoe), conselheiro do reino.

Aquaman, Mera e Vulko, os personagens principais do filme.
Aquaman, Mera e Vulko, os personagens principais do filme.

Peguei-me vendo Thor 3

Fico me perguntando como não descobriram Jason Mamoa antes. Ele representa tudo o que se espera de um bom guerreiro dos quadrinhos. Ele tem físico, tem voz e é bom ator. Caiu como uma luva no papel e parte da nota dada neste post vai a ele. Ele interpreta Aquaman com extrema facilidade e manda bem! Mera (Amber Heard) faz o par romântico (preguiça 2) com o Aquaman e a atriz é bem inferior a ele. Não conseguiu ter a minha empatia em momento nenhum (não é ciúmes!! haha).
Os efeitos sonoros das cenas debaixo d’água, principalmente nos diálogos, ficaram massas demais! Tem-se a impressão de que realmente estamos ouvindo o diálogo através das ondas sonoras propagadas no meio aquático. Fiquei muito curiosa para saber como as cenas foram filmadas, deles balançando o tempo todo. Não encontrei nada de concreto. Se acharem, me falem! Além disso, o visual de Atlântida é bem bonito.
O roteiro em si é bom, mas as mudanças de cena são horrorosas, passando de um ambiente a outro em segundos, desconsiderando o fato de que o tempo precisa correr para que a cena mude, não apresentando esta ideia. O tempo no cinema é fundamental e pareceram-me ignorar isso. Os efeitos visuais são bons, mas assistir em cinema 3D é desnecessário. Tive a sensação de estar vendo Thor em alguns momentos, principalmente nos alívios cômicos, o que me incomodou bastante. Seria a DC tentando ser Marvel? Eu, hein… Ah! Tem uma cena extra!

Para saber mais: IMDb

Onde assistir: Nos cinemas

Além da Tela 1: Jason Momoa ficou famoso ao interpretar Khal Drogo na série Game Of Thrones (HBO). Homão, né?! Haha

Além da Tela 2: Comentei com meu companheiro de sessão que algumas cenas me lembraram Indiana Jones. Depois descobri que realmente o diretor James Wan se inspirou em Os Caçadores da Arca Perdida (1981)!

Além da Tela 3: Aquaman teve sua pré-estreia mundial exibida na CCXP 18. Comentei sobre este evento aqui.

Além da Tela 4: Lembra da Julie Andrews, a eterna Mary Poppins? Ela participa desse filme! Dá sua voz para ninguém menos que Karathen, o poderoso monstro marinho.

Além da Tela 5: Apesar das minhas críticas sobre ele, o filme arrecadou na China, em apenas um final de semana mais que toda a renda de Mulher Maravilha lá. Já podemos supor porque, não é, mulheres? Vá entender chinês.

ZONA DE SPOILERS

Sp. 1: Eles estão no meio do nada no Saara, aparecem do nada em um barco e Mera está tocando flauta. WHAT?
Sp. 2: Os atlantes nadam quase que na velocidade do som quando mergulhados e quando Mera e Arthur saem do deserto vão em busca do tridente real, vão de barquinho?? Ah, me poupe.
Sp. 3: Arraia Negra se mostrou ser um humano imortal. Não há como ele bater aquilo tudo no Aquaman nem ele apanhar aquele tanto e sair vivo.

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed