Reconhecimento da região metropolitana de Belo Horizonte como pólo produtor

 

O mercado de cerveja artesanal

Minas Gerais é o segundo maior estado em volume de produção e em número de microcervejarias no Brasil. O volume de produção é de 1,5 milhão de litros de cerveja artesanal por mês. São 61 fábricas, sendo que 31 estão localizadas na grande BH, segundo dados do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de MG,SindBebidas. A capital mundial dos bares e parte da região considerada como a Bélgica brasileira e assunto do momento.

As dificuldades também existem e abrir uma cervejaria não é fácil. Além dos procedimentos burocráticos a serem feitos, o mercado precisa gostar da sua cerveja. Com a cerveja pronta, ela precisa competir com uma infinidade de outros rótulos que estão na mesma situação que ela. O Barba, Barriga e Cerveja já falou sobre mercado no Bebendo com o Barba.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria Extraordinária de Estado de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, a SEEDIF, irá reconhecer no próximo sábado, 22/07, o Arranjo Produtivo Local, APL das cervejarias artesanais da região metropolitana de Belo Horizonte em evento na zona sul da cidade.

O que é o APL

O APL é um conjunto de várias empresas do mesmo segmento e da mesma região, que trabalham simultaneamente, cooperando umas com as outras. Esse Arranjo já existe com empresas de outros setores. Para a cerveja artesanal, a região de Juiz de Fora foi a primeira a integrar a política pública do Governo, em maio de 2017.

Esse reconhecimento é de grande importância para o setor e principalmente para minimizar as dificuldades que mencionei acima. A ideia é que as cervejarias possam se unir e trabalhar colaborativamente. Todas, em prol de um bem comum, com mais sinergia. Com APL, gerando mais empregos, potencializando a produção, favorecendo o comércio, valorizando o produtor e promovendo o turismo, os riscos de que o seu negócio dê errado existem, mas são menores. O documento auxilia, por exemplo, na compra de matérias primas, maquinário e em transações comerciais. É como um ciclo. Ao gerar mais empregos, gera renda, aumenta o turismo, ajuda na melhoria de políticas públicas e fomenta a economia da cidade.

A Feira BH Cult

A solenidade de reconhecimento acontecerá na Feira BH Cult, sábado, 22/07 no Museu Histórico Abílio Barreto, à Avenida Prudente de Moraes, 202, Cidade Jardim, das 11h00 às 18h00, aqui em BH. Aproveite para curtir o evento que terá muito rock, cervejas artesanais, vinhos, gastronomia, brechó, presentes criativos e espaço kids.

Nós que trabalhamos para disseminar a cultura cervejeira estamos muito felizes com esse reconhecimento. E você? Acredita que o APL vai mudar o mercado mineiro de cervejas artesanais? Conte aqui pra gente!

Um abraço!